JF: Novo decreto define horários de funcionamento para comércio e serviços

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) publicou nesta sexta-feira, 8, decreto que define horário de funcionamento para os setores de comércio e prestação de serviços. Além disso, o documento cria o Fórum em Defesa da Vida.

tratamento impotência

A regra vale a partir de sábado, 9.

O decreto prevê multa e interdição em caso de descumprimento das medidas de segurança, em caso de reincidência. Reforça também a obrigatoriedade do uso de máscaras e do fornecimento das mesmas para funcionários em serviços. 

Venda de imóvel, apartamentos em Juiz de Fora

O funcionamento de bares, academias de ginástica e salões de beleza está liberado em Juiz de Fora.

O decreto também cria o Fórum em Defesa da Vida, que substitui o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 e vai monitorar os casos de infecção por coronavírus em Juiz de Fora.

Nessa semana, o Executivo também anunciou que vai retornar como horário integral do transporte coletivo urbana, que trabalha em escala reduzida desde o início da pandemia.

Em anexo único, o decreto descreve os horários autorizados para cada setor, determinado da seguinte forma:

AtividadePeríodo de funcionamento autorizado
Setor de serviços e escritórios comerciaisSegunda a sábado, entre 8 e 18 horas
Salões de beleza e clínicas de estéticaSegunda a sábado, entre 7 e 22 horas
Academias de ginástica e afinsSegunda a sábado, entre 6 e 22 horas,  com distanciamento individual mínimo de 1,00 m.
Comércio em geral, centros e galerias comerciaisSegunda a sábado, entre 9h30 e 19h30.
Construção civil e atividades afinsSegunda a sábado, entre 7 e 17 horas
Shopping CentersSegunda a sexta-feira, entre 11 e 22 horasSábado, domingo e feriados, entre 10 e 22 horas
Bares e restaurantesSegunda a domingo, entre 8 e 23 horasEntrega em domicílio e retirada no estabelecimento tem horário livre.
Serviços de entrega a domicílioHorário livre
Igrejas e centros religiosos, observado o limite de 30% de sua capacidade, não podendo ultrapassar o quantitativo de 30 pessoasHorário livre
Parques e espaços públicos, 30% de sua capacidade, não podendo ultrapassar o quantitativo de 200 pessoasTerça-feira a domingo, de 08 e 14 horas
Demais atividadesHorário livre, nos termos autorizados pelo programa Minas Consciente

A coordenação executiva do Fórum fica a cargo do Secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agropecuária, Ignacio Delgado.

O Fórum integra as Secretarias de Saúde e Meio Ambiente e Atividades Urbanas, Superintendência Regional de Saúde, instituições de pesquisa e entidades representativas do empresariado, trabalhadores, Ministério Público, Defensoria Pública e demais instituições da sociedade civil organizada.

Uma das cidades com o maior número de casos de Covid-19 em Minas, Juiz de Fora tem 14.331 casos confirmados, 554 mortes e 47.317 suspeitos.

Boletim divulgado por pesquisadores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) chama a atenção para a taxa de letalidade da doença na cidade. Segundo os dados, no dia 4 de janeiro, a taxa de letalidade da Covid-19 era de 3,74%., muito superior à de Minas Gerais e do Brasil, que estavam em 2,18% para o estado e 2,54% para o país no mesmo período.

radio ao vivo mais ouvida em jf