Vida saudável: Exemplo de quem venceu o sedentarismo e o sobrepeso

Segundo estudo da a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país da América Latina com o maior índice de sedentarismo. 47% dos brasileiros não praticam atividade física suficiente.

Neste início de 2020, a Itatiaia apresenta a série especial sobre Vida Saudável.

Na última reportagem, a gente conta a história do Joubertt Telles, de 33 anos, que saiu desta estatística.

Ele é repórter aqui na rádio e há seis anos tomou uma importante decisão: priorizar a própria saúde. Ele relembra que ver o ponteiro da balança chegar aos 137 Kg não foi nada agradável.

Somado a isso, o cansaço constante, o uso de remédios para hipertensão e a dificuldade para encontrar roupas foram fatores determinantes para uma mudança de postura.

Joubertt Telles

Mudanças

Primeiro, a reeducação alimentar, depois os exercícios físicos. Sem cair na tentação de dietas e treinos com promessas milagrosas.

A mudança de hábitos veio acompanhada de orientação profissional: um médico cardiologista e um educador físico. Um processo nada fácil, gradual, conta Joubertt, respeitando o ritmo do próprio corpo.

“comia de forma errada”, Joubertt Telles
Seis anos depois, o marcador da balança já não assusta, mais. Joubertt perdeu 47 Kg chegou aos 90.

Peso considerado bom para quem tem 1,88 metro, afirma o cardiologista do repórter.

Joubertt destaca que melhorou o condicionamento físico e não precisa mais de medicamentos para hipertensão.

As taxas de triglicérides, colesterol e glicose estão boas.

No guarda-roupa, as peças tamanho 54 deram lugar ao manequim 40, 42, dependendo da confecção. E a academia já faz parte da agenda diária. A rotina de exercícios trouxe conquistas inéditas.

Joubertt participou da Corrida da Fogueira

O educador físico Fábio Barreto acompanhou o jornalista desde o início. E ressalta que o segredo de Joubertt é a disciplina no propósito de cuidar da própria saúde.

perseverança faz a diferença, Fábio Barreto

Saiba mais…

radio ao vivo mais ouvida em jf
-