Muriaé: Prefeito propõe abrir mão de salário e redução salarial de cargos comissionados

Com as mediadas adotadas, para a economia, pela Prefeitura de Muriaé (MG), em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o prefeito Grego (PSD) propõe abrir mão de recebimento integral do salário, durante todo o período de contenção de despesas.

Além disso, segundo o prefeito, enviou à Câmara Municipal o projeto que pede a redução de 20% dos vencimentos para cargos do Executivo.

prefeito Grego

Se aprovada, a redução salarial valerá para as funções de prefeito, vice, secretários municipais e todos os cargos comissionados.

Conforme o Grego, seus vencimentos mensais ficarão à disposição da Prefeitura para serem aplicados nas áreas essenciais do momento (Saúde e Desenvolvimento Social).

Paralelamente, outras iniciativas de contenção de despesas também serão colocadas em prática. Dentre elas, a suspensão de viagens não essenciais e a adoção de expediente em turno único no Centro Administrativo, que já funciona das 12h às 18h.

As medidas deverão valer, inicialmente, até o fim de junho, podendo ser prorrogadas em caso de necessidade.

Além disso, a prefeitura lançou aplicativo para denúncias de funcionamento irregular do comércio durante quarentena. Disponível para Android e iOS, app ‘eOuve’ facilita distribuição de denúncias para setores de fiscalização.

radio ao vivo mais ouvida em jf