Motoristas e cobradores protestam por mais segurança no trabalho

Nesta segunda-feira, 8, a partir de 16h, motoristas e cobradores de ônibus vão realizar passeata nas ruas  de Juiz de Fora.

O motivo do protesto está relacionado à agressão que um cobrador sofreu após ônibus – onde trabalhava – atropelar um pedestre, que acabou morrendo. O acidente aconteceu no Bairro Nossa Senhora Aparecida. Além disso, a categoria reivindica mais segurança no trabalho.

Segundo o vice-presidente do Sinttro, Claudinei Janeiro, os serviços dos ônibus não serão paralisados e vão funcionar normalmente. A concentração será na Praça Alfredo Lage, no Bairro Manoel Honório. A passeata vai seguir pela Avenida Barão do Rio Branco, Avenida Getúlio Vargas, Rua Santa Rita, retorna a Rio Branco e termina em frente a Câmara Municipal.

Na madrugada desta segunda-feira, 8, a Polícia Militar (PM) registrou uma ocorrência de roubo no interior de um coletivo intermunicipal. Segundo o boletim de ocorrências, o fato aconteceu em um ônibus que vinha de São João Nepomuceno. Duas vítimas, um homem de 37 anos e uma mulher de 31, relataram que foram abordados por um homem e uma mulher, ambos negros e portando uma arma de fogo. As vítimas foram obrigadas a entregar seus celulares e relataram à polícia que outros passageiros também foram roubados.

Deixe uma resposta