Coronel e esposa são encontrados mortos em Juiz de Fora

Em Juiz de Fora, a Polícia Civil investiga o caso onde duas pessoas foram encontradas mortas em um apartamento, no Bairro Morro da Glória. Os corpos eram do coronel da reserva do Corpo de Bombeiros, Marcelo Tadeu Brito, 56 anos, e da esposa dele, Margareth Maria de Castro Brito, também da mesma idade.

Em conversa com a nossa reportagem, o titular da Delegacia Especializada de Homicídios, Rodrigo Rolli explicou que está sendo trabalhada uma linha de investigação, onde possa ter ocorrido homicídio e, depois, suicídio. Porém, segundo Rolli, ainda não tem definição de quem executou o crime. O delegado explicou que testemunhas serão ouvidas e aguarda a conclusão do laudo pericial.

O Corpo de Bombeiros divulgou uma nota lamentando o fato e que está prestando todo apoio necessário à família.

O sepultamento do corpo de Margareth ocorreu às 17h, no Cemitério Parque da Saudade. Já o corpo do coronel Marcelo, conforme informação do Corpo de Bombeiros, é de que estava a caminho de Belo Horizonte para ser velado e sepultado, mas sem informação de local e horário.

Os dois foram encontrados mortos neste domingo, 10, no apartamento onde moravam.

Segundo a ocorrência, a empregada doméstica relatou à Polícia Militar, que o casal chegou separado no imóvel, sendo ela primeiro e, cerca de 10 minutos depois, o coronel dos bombeiros.

Em seguida, os dois foram para a cobertura do apartamento e começaram a discutir. Logo depois, a empregada relatou que ouviu disparos de arma de fogo. Com isso, ela foi até o local e deparou com os dois caídos no chão.

No local foram recolhidos um revólver calibre .38, que estava próximo aos corpos, e cinco cartuchos deflagrados

radio ao vivo mais ouvida em jf