Trecho da Avenida Brasil é interditado após acidente

Via registrou três acidentes entre domingo e segunda, com dois mortos e oito feridos.

Atenção, motorista. Interdição total da Avenida Brasil próximo à entrada da Prefeitura, devido a um acidente na noite deste domingo (14). Por volta das 21h30, uma Kombi com quatro ocupantes colidiu em um poste próximo ao Terreirão do Samba.  O desvio está sendo feito pela ponte Wilson Jabour Júnior e agentes de fiscalização de transporte e trânsito estão monitorando a região para garantir a fluidez. O acesso à Prefeitura está sendo pela Rua Calil Ahouagi. A Cemig foi acionada e está no local. A previsão é que o tráfego para veículos pequenos seja liberado no início da manhã e, para os de maior porte, no início da tarde.

 

Quatro pessoas ficaram feridas. Um homem de 39 anos e uma mulher de 68 foram encaminhadas para o Upa Norte. Ele, com fratura no membro superior esquerdo e a idosa, com escoriações. Já o motorista de 58 anos, que teve as pernas presas às ferragens, e outra idosa de 68 anos foram encaminhadas para o HPS, com fraturas e escoriações.  Os nomes ainda não foram divulgados.

 

Avenida Brasil ainda registrou outros dois acidentes

Além da ocorrência com a Kombi, dois motociclistas morreram na madrugada de hoje. De acordo com a Polícia Militar, uma viatura policial sinalizada o acidente com a Kombi na via, quando quando os dois passaram de moto em alta velocidade e não obedeceram à ordem de parar. Morreram no local o motociclista de 31 anos e o carona, não identificado. Corpos encaminhados ao IML.

A outra ocorrência foi na manhã de domingo, durante a feira livre. Quatro pessoas foram atropeladas por um carro Siena, de cor azul e modelo 2002, que seguia no sentido Bairro de Lourdes. De acordo com testemunhas, duas delas recusaram socorro e foram embora. As outras duas foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel Urbano (Samu) no local. Uma das vítimas atendidas teve ferimentos mais graves, com suspeita de traumatismo craniano. Identidades e os estados de saúde não foram divulgados. O motorista apresenta sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do etilômetro. Ele foi preso em flagrante e teve a carteira de habilitação recolhida. 

Foto: Bombeiros Juiz de Fora

 

Deixe uma resposta