Rezoneamento paralisa serviços em cartórios eleitorais

Cerca de 12 cidades da Zona da Mata estão envolvidas em troca de zonas eleitorais.

Ao todo, são 86 municípios no estado.

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais está concluindo as ações, determinadas pelo TSE em 2017.

A partir do dia 5 de fevereiro, cada zona eleitoral voltará a atender somente o eleitorado dos municípios que a compõem, ou seja, zonas que cederam municípios no rezoneamento não mais atenderão o eleitorado de município cedido. E os postos de atendimento criados em razão do processo passarão a atender somente o eleitorado da zona eleitoral à qual se vinculam, terminando, assim, uma espécie de fase de transição que foi iniciada no final de 2017.

Dentre as cidades da região, a trocas vão ficar da seguinte maneira: Belmiro Braga para de ser atendida pela 152ª Zona Eleitoral de Juiz de Fora e passa para 173ª Zona Eleitoral de Matias Barbosa;

Coronel Pacheco troca a 315ª Zona Eleitoral de Juiz de Fora para 235ª Zona Eleitoral de Rio Novo;

Laranjal sai da 187ª Zona Eleitoral de Muriaé e vai para 201ª Zona Eleitoral de Palma.

Para que essa mudança seja efetivada, alguns cartórios eleitorais e postos de atendimento, envolvidos nesse rezoneamento, vão suspender, já a partir de 29 de janeiro, os serviços ao eleitorado desses 86 municípios que vinham sendo atendidos por mais de uma Zona Eleitoral.

Segundo o TRE, é importante esclarecer que todos os cartórios eleitorais e postos de atendimento permanecerão abertos ao público, já que a paralisação recai apenas nos atendimentos referentes aos eleitores dos 86 municípios listados e feitos pelos cartórios que não são da sua Zona Eleitoral.

Lista completa dos 86 municípios.

190124-Tabela-86-municipios-NOVA