Ney Matogrosso está de volta a Juiz de Fora

Ney Matogrosso é assíduo frequentador do palco do Cine-Theatro Central.

O cantor e compositor está de volta ao teatro, agora com sua turnê  ‘Bloco  na  Rua’, com repertório, figurino, banda e danças para uma noite marcante.

O show – que já passou por Rio de Janeiro, São Paulo e João Pessoa – tem produção local da Nomad Produções e única apresentação no sábado, dia 12.

As últimas turnês do artista no Cine-Theatro Central foram em 2006, com ‘Inclassificáveis’, em 2009, com ‘Beijo Bandido’, e, em 2013, com ‘Atento aos Sinais’.

Em um de seus reencontros com o teatro, o cantor declarou: “A emoção de retornar ao Central é um prazer indescritível.”

O repertório traz uma mistura de composições próprias do artista, interpretações que ficaram conhecidas em sua voz, parcerias, além  de  canções  de  outros  músicos,  como  Mulher Barriguda,gravada  por  ele  para  o  primeiro  álbum  do  Secos  e  Molhados;  A  Maçã,de  Raul Seixas; Jardins da Babilônia, de Rita Lee & Tutti Fruti; Álcool, de DJ Dolores (e parte da trilha sonora do filme Tatuagem, de Hilton Lacerda); Como Dois e Dois, de Caetano Veloso; Feira  Moderna,do  trio  Beto  Guedes,  Lô  Borges  e  Fernando  Brant,  entre  tantas  outras.

Vitalidade

O músico começou sua carreira entre a atuação e o canto. Foi coralista, participando de um grande coral em Brasília, e seu naipe vocal  era  tenor,  mas  logo  descobriu  que  podia  alcançar  o contralto, algo raro. Integrou o Secos & Molhados ao lado de João Ricardo e Gérson Conrad, e depois partiu para carreira solo.

Com performances teatrais, maquiagens expressivas, figurinos exóticos carregados de penas, plumas e paetês, encarnava o verdadeiro pavão misterioso, o pássaro formoso da música que o cantor Ednardo compôs – que Ney mais tarde incorporaria a seu repertório. Conquistou o país inteiro, lançou diversos discos  e  DVDs.  Recentemente, atuou  em  filmes  de  Raphael  Saar  e Helena  Ignez,  e  em  2014  foi  personagem  de  um  documentário, Olho Nu, dirigido por Joel Pizzini.

Para comprar ingressos, clique aqui.