Delegada de Juiz de Fora reforça orientações sobre importunação sexual no Carnaval 2024

Compartilhe

Com o slogan “Depois do não, é crime, uai!”, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) busca orientar os foliões para curtirem o período carnavalesco de forma segura. A iniciativa tem foco no enfrentamento da violência contra a mulher, a fim de evitar ocorrências de importunação sexual, estupro e outros crimes dessa natureza.

Equipes da Polícia Civil já vêm atuando no trabalho de conscientização durante os festejos de pré-Carnaval e continuam mobilizadas nos dias oficiais da folia, na capital e no interior de Minas. Em Juiz de Fora, a ação aconteceu na última semana, na Praça Antônio Carlos e em um shopping da cidade.

A delegada da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher, Alessandra Azalim, ressalta a importância de combater os crimes sexuais, que costumam acontecer com mais frequência durante o carnaval.

Ele cita alguns exemplos desses crimes.

Conforme a delegada, quem for pego cometendo esse tipo de crime pode pegar até cinco anos de prisão.

A denúncia deve ser feita nas unidades policiais físicas, além dos telefones 180 e 181.


There is no ads to display, Please add some

Compartilhe