Ubá: 60 mil pessoas são afetadas pela chuva

Cerca de 60 mil pessoas foram afetadas pelas enchentes em Ubá, na noite desta terça-feira, 7. Outras 432 estão desalojadas, segundo informação repassada pela Prefeitura da cidade.

Esta é a terceira enchente de 2020 e é considerada a mais grave.

Segundo a Defesa Civil, choveu cerca de 128 milímetros em duas horas.

Com isso, o Ribeirão Ubá subiu cerca de 8 metros.

Pelos registros de redes sociais, lojas foram inundadas e o Hospital São Januário também foi alagado. 13 pessoas ficaram ilhadas e precisaram ser resgatadas, segundo informações repassadas pelos Bombeiros.

Durante a manhã desta quarta-feira, 8, a corporação realizou uma série de vistorias.

O coordenador de Defesa Civil, Gilger Menezes, fala sobre a ocorrência.

Gilger Menezes


Ubá cumpre medidas de isolamento, como forma de prevenção ao coronavírus.

A Prefeitura pede que a população permaneça em casa. Para evitar aglomerações e otimizar o serviço de limpeza, as ruas atingidas estão totalmente fechadas.

Hospital São Januário também ficou alagado
prefeito de Ubá