Prefeitura de Viçosa adota medidas após surto de covid em instituição de longa permanência de idosos

Compartilhe

A Prefeitura de Viçosa divulgou as medidas medidas após surto de covid-19 no Lar dos Velhinhos, uma Instituição de Longa Permanência de Idosos. Duas idosas, de 86 e 93 anos, que viviam na instituição morreram de covid-19 nesta quarta e quinta. Segundo o Lar dos Velhinhos, as duas estavam internadas em dois hospitais da cidade.

Dos 38 idosos permanentes, 31 testaram positivo; dos 26 funcionários, nove tiveram o resultado positivo e foram afastados e orientados a cumprir isolamento domiciliar.

Atualmente quatro dos idosos, residentes no Lar dos Velhinhos, que testaram positivo estão internados em leitos clínicos. Para a gerente da Vigilância Sanitária, Wanderléia Rodrigues, com a vacinação de todos os idosos no início do ano, a evolução dos casos é mais leve, o que provavelmente evitou uma maior gravidade, com possíveis perdas de vidas.

A Secretaria de Saúde orientou que fosse realizada uma divisão nas instalações do Lar dos Velhinhos, de modo que, os idosos que testaram positivo ocupassem uma parte da Instituição, enquanto os que testaram negativo acomodados em outra ala. Os funcionários também foram divididos: uma equipe para atender os casos negativos e outra para atender os positivos.

A Prefeitura de Viçosa deixou disponível uma ambulância para o transporte dos idosos 24 horas por dia, caso haja necessidade de internação. Os hospitais do município foram informados sobre a situação e orientados para o caso de alguém precisar de suporte.

Além disso, a Secretaria de Saúde autorizou a contratação emergencial de enfermeiros, técnicos de enfermagem, cuidadores e auxiliares de serviços gerais, para suprir as demandas neste momento emergencial com a contribuição da Prefeitura de Viçosa. Um médico da Secretaria de Saúde foi direcionado para prestar suporte técnico e assistencial ao Lar dos Velhinhos.