Prefeitura de Muriaé nega registro de caso suspeito de varíola dos macacos

Compartilhe

A Prefeitura de Muriaé informou que o caso suspeito de varíola dos macacos registrado na cidade, informado no último boletim da Secretaria de Estado de Saúde, não é do município. Segundo a prefeitura, a notificação foi registrada em Belo Horizonte e, embora a ficha informe Muriaé como município de residência da pessoa, todos os outros dados apontam para a capital mineira, como logradouro, bairro, número de telefone e informações do cartão SUS.

A prefeitura explicou ainda que, ao que tudo indica, trata-se de erro de digitação pelo prestador de serviço hospitalar ao fazer a notificação.

A Secretaria Municipal de Saúde segue apurando o caso e, até o momento, reafirma que o caso notificado não tem nenhum vínculo com a cidade.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informou que os dados relativos a notificações de Monkeypox são extraídos do sistema Redcap, do Ministério da Saúde. A pasta explicou que os dados informados são de responsabilidade dos municípios e estão sujeitos a revisões.