Prefeitura de Barbacena decreta Estado de Emergência Financeira

Compartilhe
A Prefeitura de Barbacena decretou Estado de Emergência Financeira em razão da falta de repasse de mais de R$ 64 milhões do Governo do Estado de Minas Gerais.

O decreto, que tem validade de 120 dias, estabelece uma série de medidas para o contingenciamento de despesas.

Segundo o executivo municipal, o calote está relacionado a recursos constitucionais e obrigatórios que a cidade tem direito a receber do Estado nas áreas de educação, transporte escolar, Piso Mineiro de Assistência Social e saúde, além de multas e correções dos atrasados.

Apesar dessa situação, a Prefeitura de Barbacena informou que serviços essenciais, como saúde, educação, limpeza urbana, entre outros, continuarão com funcionamento normal, utilizando recursos próprios.

Entre as medidas tomadas pela Prefeitura para minimizar a crise, estão: ajustes de serviços, cortes de despesas e pessoal, suspensão de eventos, diárias e enxugamento da máquina administrativa, entre outros pontos.

A reportagem da Itatiaia entrou em contato com o governo do Estado e aguarda posicionamento.