Gás de cozinha sofre reajuste nas refinarias

A Petrobras aumentou em 5% o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) nas refinarias. O anúnico do reajuste foi feito nessa quinta-feira (26), um dia depois de a estatal ter informado que o gás natural deverá cair cerca de 10% após a revisão de contratos com 12 distribuidoras estaduais do produto.

Seguindo a regra de reajustes trimestrais para o GLP, o aumento de 5% atinge o gás de cozinha (Botijão de 13 kg) e também o GLP industrial e comercial.

O impacto para o consumidor deverá girar em torno de 2% a 3%, já que a realização da Petrobras representa 38% do preço, sendo os outros custos distribuídos entre a comercialização e tributos.

É o terceiro aumento consecutivo no preço do botijão de 13 kg. No mês passado, a Petrobras reajustou em 4% o preço do gás de cozinha. Em outubro, a alta foi de 5%. A alta acumulada no ano chega a 10%.

Pesquisa feita pelo site Mercado Mineiro em pontos de venda de Belo Horizonte e região metropolitana antes do reajuste mostra que o preço  do botijão de 13 kg varia de R$ 60 a R$ 95. Com isso, caso o repasse seja feito ao consumidor, o preço mais caro pode chegar a R$ 98.

radio ao vivo mais ouvida em jf
-