Decreto adia cobrança de IPTU em Juiz de Fora

A prefeita de Juiz de Fora (MG), Margarida Salomão (PT), assinou decreto que adia o recebimento de parcelas do IPTU. Com isso, as parcelas que venceriam nos dias 10 dos meses de abril, maio e junho poderão ser pagas nos meses de outubro, novembro e dezembro.

O decreto é emergencial e entra em vigor imediatamente. A medida é válida para pessoas físicas e empresas.

Anistia fiscal

A coletiva de imprensa contou também com a presença da Secretária de Fazenda, Fernanda Finoti, que falou sobre a Anistia Fiscal. O Executivo vai encaminhar nessa semana o projeto à Câmara Municipal. Se aprovado, a medida vai beneficiar quem estiver em dívida no período de 2016 a 2020.

O pagamento vai dar desconto de até 25% com possibilidade de parcelamento em 12 vezes. Quem pagar a dívida à vista, pode receber desconto de até 35%.

Segundo o Executivo, o objetivo é aliviar a carga tributária nesse período de pandemia e, com isso, garantir a saúde financeira dos cidadãos.

por Désia Souza / foto: Marcos Alfredo

Sair da versão mobile