Covid-19: Prefeitura registra mais de 6 mil denúncias

A Guarda Municipal de Juiz de Fora divulgou balanço das chamadas recebidas, entre março e novembro, referentes às denúncias de funcionamento de estabelecimentos que contrariam regras de enfrentamento à pandemia do coronavírus. Até esta segunda-feira, 16, a central telefônica da Guarda registrou 6.051 denúncias.

As ligações apresentaram escalada até junho, quando se deu o pico de reclamações, com 1.573 chamadas recebidas em apenas um mês. Julho ficou com 1.446, seguido de maio, com 837; abril, 632; agosto, 560; março, 386; setembro, 266; outubro, 203; e novembro, 148.

As variações seguem a lógica das fases mais restritivas para as mais liberadas das atividades econômicas.

A partir de agosto houve acentuada redução dos registros, conferindo com a progressão do Município à “onda amarela” do programa “Minas Consciente”. Nessa fase houve gradual abertura de novos ramos de atividades, como os shoppings, academias, lojas de roupas e salões de beleza, bem como a ampliação do horário de funcionamento de bares e restaurantes.

O cidadão pode fazer contato, além do 153 da GM, com a fiscalização da Semaur, pelo 3690-7507, registrar sua queixa no canal da ouvidoria do município, no “Fala.BR”, disponível no site da Prefeitura, ou utilizar o aplicativo da Guarda Municipal, “Cidade Segura”.

foto: divulgação / PJF

radio ao vivo mais ouvida em jf