Conselho Municipal de Cultura tem expectativas positivas sobre novo formato do Programa Murilo Mendes

Compartilhe

O anúncio de mais de R$ 2 milhões em recursos para os editais do programa Murilo Mendes traz boas perspectivas para o cenário cultural de Juiz de Fora. O Conselho Municipal de Cultura faz esta avaliação sobre os investimentos na área. O impacto d ainda é mais relevante considerando o cenário atual: o setor praticamente parou no contexto da pandemia e provavelmente será o último a voltar.

A reportagem da Itatiaia ouviu o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Wenderson Marcelino, o Zangão, que falou sobre esse novo formato. Confira.

https://radioitatiaiajf.com.br/wp-content/uploads/2021/08/07-Programa-Murilo-Mendes_Zangao.mp3

Como a Itatiaia já informou, o edital de ampla concorrência, que passa a ser chamado de “Murilão”, será lançado no final de agosto, com recursos de R$ 1 milhão. Entre agosto e outubro também serão lançados editais específicos para valorização da cultura trans, da cultura negra e da cultura brasileira, com recursos que variam de R$ 200 a R$ 340 mil.

Já está disponível o primeiro edital “Da/Na Quebrada”, voltado para grupos periféricos, para adolescentes a partir de 14 anos. Segundo a Funalfa, até às 3 da tarde de sexta-feira, 6 de agosto, o WhatsApp que atende dúvidas e o edital havia recebido 25 mensagens e a expectativa era que o hotsite recebesse 500 acessos nas primeiras 24 horas.