Candidatos definem apoios no 2º turno das Eleições

Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 20, a candidata Ione Barbosa (Republicanos) informou que vai manter neutralidade e não manifestou apoios às candidaturas do 2º turno das Eleições 2020, em Juiz de Fora.

Ela obteve 21,83% (56.699) dos votos no primeiro turno e ficou a pouco menos de 3 mil votos para garantir a vaga para o 2º turno.

Pela votação expressiva que ela obteve no primeiro turno, uma tomada de partido era esperada pelas duas campanhas, que tiveram conversas nos últimos dias com Ione. Porém, a delegada informou que optou pela autonomia, independência crítica e que seu projeto se difere dos demais.

Ione

Ione destaca que, durante as conversas, passou para ambos a necessidade da criação de uma Secretaria de Política para a Mulher.

Questionada se há algum pretensão política em vista, ela afirmou que o assunto ainda não entrou em pauta. Agora vai dedicar o tempo à família e retomar às atividades como delegada.

Outros partidos se posicionaram sobre os apoios no segundo turno das eleições. O PSL, que teve a deputada estadual Delgada Sheila como candidata, declarou neutralidade e não vai apoiar nenhuma candidatura neste segundo turno. O mesmo posicionamento foi dado pela deputada.
O Democracia Cristão, que teve Eduardo Lucas como candidato, informou que não vai apoiar também nenhuma candidatura nesta segunda etapa do pleito.

O PC do B, que teve como candidato Fernando Elioterio, e o PSOL, que teve Lorene Figueiredo como candidata, divulgaram nota e declararam apoio a candidatura de Margarida Salomão (PT) neste segundo turno.

Outro partido que decidiu pela neutralidade e não vai apoiar candidaturas neste segundo turno é o PTC. O posicionamento foi divulgado pelo o presidente do partido, pastor Aluízio Penido, que também foi candidato a PJF no primeiro turno.

foto: Désia Souza

radio ao vivo mais ouvida em jf