Mancha de óleo: Presidente faz reunião para debater medidas

A Polícia Federal (PF) deflagrou no dia 1º de novembro, a Operação Mácula, com objetivo de investigar uma embarcação grega, suspeita de ter causado o derramamento de óleo que atingiu mais de 250 praias nordestinas brasileiras.

A embarcação grega teria atracado em 15 de julho na Venezuela, onde ficou por três dias antes de seguir a Singapura, via África do Sul.