Em JF: Christiane Torloni interpreta diva em espetáculo da Broadway

Com a remontagem da comédia-dramática ‘Master Class’, a atriz e diretora Christiane Torloni retorna aos palcos de Juiz de Fora interpretando a grande diva Maria Callas, uma das cantoras líricas mais importantes do século XX.

A comédia-dramática ‘Master Class’ será apresentada no palco do Cine-Theatro Central em duas sessões, uma no dia 14 de setembro, sábado), às 21h, e outra no dia 15 de setembro, domingo, às 19h.

maria callas master class christiane torloni peca teatro central juiz de fora - Em JF: Christiane Torloni interpreta diva em espetáculo da Broadway

Dentre as doze cidades brasileiras, Juiz de Fora é a única cidade mineira a receber o espetáculo da Turnê Nacional 2019, que promete repetir aqui o sucesso de público das apresentações passadas.

Christiane Torloni
Sucesso da Broadway

‘Master Class’ é um dos poucos espetáculos produzidos na Broadway a alcançar enorme sucesso internacional.

A peça acumula mais de 598 apresentações apenas em sua temporada de estreia em 1995 quando então recebeu o prêmio Desk Drama Award de ‘Melhor Espetáculo da Broadway’, além de três prêmios Tony Award (o Oscar do teatro americano): ‘Melhor Atriz’ (para Zoe Caldwell), ‘Melhor Atriz Coadjuvante’ (para Audra McDonald) e o cobiçado prêmio de ‘Melhor Espetáculo da Broadway’.

A peça tem como mote as aulas magnas da diva Maria Callas no início dos anos 70 na conceituada Juilliard School, em Nova York, e agrada tanto os apreciadores de ópera, quanto os que não são tão próximos do gênero.

A relação conflituosa e enérgica com os alunos e os dramas pessoais de Maria Callas servem de pano de fundo para a montagem. Escrita em 1995 por Terrence McNally, a peça é, até hoje, uma das mais premiadas da Broadway, já que venceu três Tony Awars (equivalente ao Oscar do teatro americano), incluindo o prêmio de melhor espetáculo.

Em 2011 uma nova produção de ‘Master Class’ foi realizada na Broadway alcançando um sucesso não menos estrondoso, desta vez tendo como protagonista a atriz americana Tyne Daly e, exatamente como já havia acontecido em 1995.

Além do grande sucesso desta remontagem o espetáculo também tem recebido “revivals” em várias partes do mundo, incluindo esta nossa produção brasileira, protagonizada por Christiane Torloni, que nos anos 2015, 2016 e 2018 alcançou enorme sucesso de crítica e público nas temporadas em São Paulo, Rio de Janeiro e outras importantes capitais do país.

Christiane Torloni

Desde 2015, interpretando Maria Callas, Christiane Torloni acumula quatro prêmios de melhor atriz da crítica especializada.

Christiane foi agraciada na categoria “Melhor Atriz” com o Prêmio Aplauso Brasil, o Prêmio Quem, concedido pela revista Quem, e o Prêmio Arte Qualidade Brasil, além de ter sido indicada a diversos prêmios, entre eles o Prêmio Shell, também na categoria de “Melhor Atriz”.

A peça

Terrence McNally baseou o enredo de ‘Master Class’ nas lendárias séries de aulas magnas (master classes) proferidas pela diva maior da ópera mundial, a greco-americana Maria Callas, no início dos anos 70 na Juilliard School, famosa escola de música de Nova York.

Na peça, Callas repreende os alunos, da mesma maneira enérgica com que os encoraja a seguir e perseguir seus sonhos.

Durante esses encontros, também confronta os desapontamentos e dissabores de sua própria vida e de seu relacionamento com o célebre bilionário, o armador grego Aristóteles Onassis. De forma genial e habilidosa, o espetáculo faz o público rir e se emocionar com este que é considerado um dos mais belos textos da literatura teatral de todos os tempos e que, desde a sua estreia, há mais vinte anos, tem angariado legiões de fãs, envolvendo plateias de todo o mundo!

A Produção e os Produtores

A produção de ‘Master Class’ conta com o talento de alguns dos melhores profissionais da área artística de nosso país.

A direção está a cargo do talentoso José Possi Neto, encenador de espetáculos também ligado ao teatro musical, com várias realizações bem-sucedidas nesse gênero.

Possi teve oportunidade de dirigir o maiores nomes do teatro brasileiro: Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Irene Ravache, Tarcísio Meira, Glória Menezes, Marieta Severo, Beatriz Segall, Raul Cortez, Marília Pêra, entre tantos.

‘Master Class’ é a nona vez que ele e Christiane Torloni trabalham juntos no teatro.

Os cenários foram criados e executados por Renato Theobaldo; experiente cenógrafo que tem contribuído enormemente não só para o teatro quanto para o universo da ópera, além dos principais espetáculos
musicais. Seu projeto para a cenografia de ‘Master Class’ procurou trazer para o palco o clima das grandes casas de ópera do mundo através de estruturas criadas em tecido especialmente tratado para receber luz e projeções. O design de luz foi criado pelo veterano iluminador Wagner Freire.

Os figurinos são assinados pelo renomado figurinista Fábio Namatame, sendo que os modelos femininos (incluindo os da própria Maria Callas) foram confeccionados pela renomada boutique paulistana Claudeteedeca o que garantiu a eles a alta qualidade, autenticidade e elegância.

A trilha sonora do espetáculo tem trechos de três compositores da história da música: Bellini, Puccini e Verdi, executados ao vivo pelos atores/cantores e acompanhados pelo ator/pianista.

Sobre Maria Callas

Maria Callas foi uma cantora lírica norte-americana de ascendência grega, considerada a mais renomada e influente cantora de ópera do século XX e a maior soprano de todos os tempos.

Apesar de também muito famosa pela sua conturbada vida pessoal, principalmente devido ao seu relacionamento com o bilionário grego Aristóteles Onassis, o seu legado mais duradouro deve-se ao impulso a um novo estilo de atuação nas produções operísticas, à raridade e distintividade de seu tipo de voz e ao resgate de óperas há muito esquecidas do bel canto, estreladas por ela.

Informações sobre ingressos:

Elenco e personagens

Maria Callas……………………………Christiane Torloni
Sharon Graham………………………Raquel Paulin e Julianne Daud (alternantes)
Sophie De Palma…………………….Laura Duarte
Anthony Candolino…………………Jessé Scarpellini
Emmanuel Weinstock……………Rafael Marão
Ator/Tenor Substituto……………Rodrigo Filgueiras
Ficha Técnica:
Texto: Terrence McNally
Direção e Encenação: José Possi Neto
Direção Musical: Maestro Fábio G. Oliveira
Direção Artística: Maestro Entretenimento
Cenografia: Renato Theobaldo
Figurinos: Fábio Namatame & Claudeteedeca
Design de Luz: Wagner Freire
Design de Som: André Luis Omote
Vídeo Cenário: Bijari
Assistente de Direção: Vanessa Guillen
Tradução: Bianca Tadini e Luciano Andrey
Direção de Produção: Julianne Daud e Fábio G. Oliveira
Produção Executiva : Fabio Hecker
Produção Christiane Torloni: Elza Costa
Produtora Jr (Maestro): Ana Luiza Sabatini
Diretor de Palco: Alessandro Kosta
Visagismo e Perucas: Sérgio Gordin
Operador de Luz: Vladimir Freire
Operador de Som: Randal Juliano
Microfonista: Pollyana de Oliveira Alves
Camareira: Miriam Bento dos Santos
Designer Gráfico: Ebert Wheeler
Web Designer: Valquíria Jarski
Vídeos: Jony Luz
Mídias: Teto Cultura
Conteúdo Acessível: BRDN e Mais Diferenças
Equipamentos de Acessibilidade: Ktalise
Projetor: Reality Projeções
Sonorização: Radar Sound
Iluminação: Armazém da Luz
Transporte: Menezes Transportes e Mudanças
Sala de Ensaios: Studio 7.8
Assessoria Jurídica: Francez e Alonso Advogados
Gestor Financeiro e Leis de Incentivo: Sodila Projetos Culturais
Contabilidade: Beltrame Contabilidade
Relações Públicas/ Convidados: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho
Assessoria de imprensa: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho
Fotos: Calé Merege (capa), Marcos Mesquita e Priscila Prade
Realização: Maestro Entretenimento
Maestro Produções Artísticas e Culturais Ltda.

Foto: Marcos Mesquita / divulgação

Fontes: Assessoria de imprensa, Maestro Entretenimento, Wikipedia