Em 5 anos: JF tem mais de 2.000 ocorrências de queimadas

Em Juiz de Fora, foram registradas 234 queimadas até o dia 11 de setembro de 2019, data mais recente do último boletim divulgado pelos Bombeiros. O número já chega a quase o valor absoluto de 2018, quando foram registradas 268 ocorrências em todo o ano.

Mais de metade dos casos de 2019 são relativos a incêndio em lote vago de área urbana, seguido por incêndio em pasto, que totaliza 83 casos.

O chefe da seção de planejamento do 4º Batalhão de Bombeiros Militar, capitão Acácio Tristão Gouveia, destaca que a imprudência é o que causa a maioria das ocorrências.

capitão Acácio Tristão Gouveia

Os números também assustam na região das Vertentes. Segundo informações repassadas pelo Tenente do Corpo de Bombeiros, Jaime Tomás, até o dia 15 de setembro, a cidade havia registrado 285 casos de queimadas. Número que ultrapassou todo o ano de 2018 e 2017, quando foram registrados 168 e 208 ocorrências.

Muito além da vegetação, as queimadas em Barbacena deixaram uma vítima neste ano. No dia 08 de setembro, como a Itatiaia já informou, o sitiante Luís Loures de Araújo, de 54 anos, morreu após tentar conter um incêndio. O corpo da vítima foi encontrado na propriedade vizinha com queimaduras de terceiro grau nas extremidades de braços e pernas.

Relatório de ocorrências.

ocorrencias queimadas - Em 5 anos: JF tem mais de 2.000 ocorrências de queimadas